{ Aeroporto em Brisbane }
- por Andréa

Sempre dizem que a primeira impressão é a que fica, então imagina chegar em Brisbane, na Austrália, e dar de cara com essa fachada que se movimenta com o vento, formando uma parede brilhante em frente a uma garagem de nove andares do terminal doméstico da cidade, finalizado em 2011.

A criação é do designer norte-americano Ned Kahn e o efeito se dá por conta de uma estrutura tectônica de placas cinéticas que cobrem o prédio todo. No total, são mais de 250.000 placas que além de embelezar, servem para manter a temperatura e a iluminação do prédio através de captação solar.
Segundo o FastcoDesign, Kahn teve sua inspiração para a fachada ao passar um tempo no Rio Brisbane, um canal sinuoso que atravessa o centro da cidade. Ele ficou impressionado com a maneira com que mastros de navios se refletiam na água. “Eu gostei de ver como essa linha vertical fica deformada pela membrana fluida da água”, diz ele.

Além da estética, a instalação também proporciona dois benefícios ambientais. A superfície da escultura é 50% permeável e permite a exaustão de vapores da garagem, funcionando também como um guarda-sol ao refrescar a estrutura. Kahn diz que está cada vez mais interessado em criar obras de arte que realmente gerem energia.

O vídeo acima mostra bem a estrutura do local e o efeito do vento.  Adorei o movimento e com certeza a ótima primeira impressão que causa a quem chega a cidade!

Fonte: FastcoDesign e Viajante Aleatório

{Aeroporto}{arquitetura}{Brisbane}{tecnologia}

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0