Fim de tarde com Movelaria {DESTAQUES} por Andréa

A semana passada foi super agitada para nós do Blog Almoço de Sexta! Além do Almoço de Sexta que mostramos no post passado, também preparamos um evento na quinta (afinal, já é quase sexta né?), e foi um evento super especial: Fim de tarde com a Movelaria, que também é uma super parceira nossa e já fizemos vários almoços com eles.

decoracao-almoco (2)

O espaço é um velho conhecido nosso, mais uma vez fizemos o evento no La Bodega Bistrô e recebemos 50 arquitetos para um fim de tarde e jantar (que praticamente virou baladinha). A decoração do bistrô é linda, então ajuda muito na hora de preparar o evento. De qualquer forma sempre gostamos de personalizar alguns detalhes, escolher cardápio exclusivo e também deixar uns mimos para todos os que chegam.

decoracao-almoco (3)

Uma das mesas tem esse banco com almofadas bem coloridas que nós amamos! Abaixo um detalhe de cada lugar à mesa, com menu personalizado, porta-guardanapo que foi feito em uma gráfica com o tema do evento e também uma rosa para cada convidado! Perceberam que estamos na semana das rosas, né?! Acho que esses detalhes fazem toda a diferença na hora de receber.

decoracao-almoco (4)

Como lá as mesas são diferentes umas das outras, aproveitamos essa característica na hora da montagem dos lugares… Em algumas mesas usamos jogo americano em tecidos com diferentes estampas + uma ideia super legal: as tags nas taças com os dizeres “Um brinde ao Amor”, “Amizade”,”Felicidade” e “Vida”.               decoracao-almoco (5)

decoracao-almoco (6)

Mais algumas fotos do espaço, que acomodou toda a turma com muita música (teve banda ao vivo incrível!), bons papos e claro, comes e bebes maravilhosos! Tudo preparado com muito capricho.        decoracao-almoco (8)

decoracao-almoco (9)

Tenho um fraco por mesas redondas! Hehehee. Amo e acho que são super convidativas e democráticas, todo mundo consegue se ver e conversar bem. decoracao-almoco (10)

Espero que tenham curtido esse post, preparamos tudo com bastante carinho e com várias ideias simples que podem inspirar na hora de decorar a mesa para receber família ou amigos para almoço, jantar, happy hour… Ahhh e nossa página no Pinterest tem várias outras fotos que serviram de inspiração para a decor. Segue a gente lá!

Beijos, Déa.

FacebookPinterestTwitterGoogle+

{INSTAGRAM} @almocodesexta

{YOUTUBE} @almocodesexta

Cinema em casa {DECORAÇÃO} por Andréa

Dando continuidade aos posts sobre os ambientes da Casa Cor São Paulo, trouxemos hoje o Cinema em Casa, projeto de Bruno GAP, idealizado para reunir amigos e familiares em um espaço confortável e aconchegante, com todas as comodidades para entretenimento, tudo isso em 35m². O ambiente é perfeito para reunir amigos não só para um filme, mas também um carteado ou noite de drinks. Para ser um espaço completo, o arquiteto projetou uma bancada de apoio com máquina de café, frigobar e microondas embutidos na marcenaria, afinal cinema tem que ter pipoca né?1 - Casa Cor SP 2016 - Bruno GAP - Foto Rafael GAP

A parede e a bancada da cozinha, assim com a parede da lareira, são revestidas de Neolith (Alicante), que é um porcelanato de grande formato com a aparência do mármore. O efeito ficou belíssimo e segundo o arquiteto, é mais resistente que a pedra natural, além de suportar altas temperaturas, e dessa forma está imune a riscos e manchas.3 - Casa Cor SP 2016 - Bruno GAP - Foto Rafael GAP

A luz sempre é uma grande aliada aos projetos, e o arquiteto trabalhou em com pendentes e iluminação nos móveis, como essa abaixo da prateleira que ilumina toda a bancada de apoio e ressalta os materiais usados. Os tons dourados também são uma grande tendência, e estão presentes nos objetos de decoração e também nos metais, como na torneira Gold da Deca.4 - Casa Cor SP 2016 - Bruno GAP - Foto Rafael GAP

O arquiteto conta que a Casa Cor São Paulo é o momento em que ele pode ser o próprio cliente, por isso pensou em um ambiente que mesclou inspirações da Escandinávia, como o uso da madeira clara no piso, com paleta de cores que variam entre o preto, branco e cinza, que é uma combinação que o inspira. Vasos de vidro, cerâmica e peças de madeira ajudam a arrematar a decoração.8 - Casa Cor SP 2016 - Bruno GAP - Foto Rafael GAP

Grande parte dos móveis teve design do próprio arquiteto, como as mesas laterais, sofá e aparador, que foram desenhados em parceria com a loja Dunelli e estarão à venda após o encerramento da mostra. Além dos tons neutros, o arquiteto investiu em toques de cor como o verde pistache e amarelo, que aparece inclusive no painel da tv. A tv é fixada em um suporte articulável, e pode ser vista do sofá ou também da mesa.15 - Casa Cor SP 2016 - Bruno GAP - Foto Rafael GAP

Outro detalhe que adoro é a composição das cortinas, que mescla persianas de madeira com cortinas de linho. Além disso, todo o rebaixo de gesso foi iluminado, dando um efeito bem leve ao ambiente.17 - Casa Cor SP 2016 - Bruno GAP - Foto Rafael GAP

Espaço bastante acolhedor, a mistura de cores e texturas nos adornos deu um toque todo especial. Os trilhos de iluminação criam pontos de luz que destacam os quadros, com iluminação pontual.18 - Casa Cor SP 2016 - Bruno GAP - Foto Rafael GAP

20 - Casa Cor SP 2016 - Bruno GAP - Foto Rafael GAP

23 - Casa Cor SP 2016 - Bruno GAP - Foto Rafael GAP

Para quem quer ver ainda dá tempo, a Casa Cor São Paulo fica aberta até o dia 10 de julho e acontece no Jockey Club de São Paulo, de terça a domingo a partir do meio dia.

Beijos, Andréa

FacebookPinterestTwitterGoogle+

Entrada Principal da Casa Cor {DECORAÇÃO} por Andréa

Logo que chegamos à Casa Cor São Paulo, somos recepcionados por esse incrível espaço, a Entrada Principal do evento, projeto de Otto Félix, que participa pela primeira vez da Mostra (e em grande estilo!). O Pavilhão de Recepção propõe uma arquitetura com volumes e recortes angulosos, provando que casas podem ir além das formas geométricas convencionais.

otto felix (9)

O ambiente tem ao todo 75 m² e é responsável por abrir a principal Mostra de decoração da América Latina. Confesso que por ser um ambiente de entrada, todas as vezes em que estive lá havia bastante gente e não consegui observar tão bem todos os detalhes (que são muitos!), por isso vale a pena entrar e observar com calma, antes de continuar o percurso pela Casa. O mais interessante é que ele foi responsável por criar todo o volume do ambiente, assim como a parte de interiores, e apresentou um conceito em que a própria edificação é parte da decoração.

otto felix (1)

A estrutura da casa desenvolvida pelo arquiteto campineiro integra o visual do espaço de forma natural e bela. Pelo lado de fora, as formas desiguais da construção, cobertas por placas de titânio que podem variar em tons de cinza de acordo com a luz do dia, chamam a atenção pela ousadia e irreverência. Na parte interna, a própria estrutura de madeira compõe a decoração, dando forma a parede e prateleiras.

otto felix (3)

O espaço é dividido em três ambientes: os visitantes podem conferir um espaço equilibrado entre sala de estar, sala de jantar e cozinha. É lá também que os profissionais da imprensa podem trocar figurinhas, realizar entrevistas ou mesmo descansar um pouco em uma das peças assinadas do espaço. otto felix (4)
Os materiais utilizados na parte interna se resumem a madeira e vidro, mesclados com peças em cinza e caramelo, além de paredes pintadas em preto que dão um contraste com a madeira das peças. A iluminação é feita apenas por pontos de led embutidos nas vigas de madeira; no piso, revestimento da Portinari seguindo os tons de cinza e amadeirado que compõem o espaço.

otto felix (5)

Outro aspecto importante é a presença do verde, já que toda a área envidraçada permite a integração com os jardins da Mostra; também foram usadas samambaias para decorar e dar um toque de verde ao espaço interno.otto felix (6)

Félix também lança nesta edição da Casa Cor, duas peças de design de própria autoria: o sofá Joaquim Egídio e a mesa K, que ambientam o espaço ao lado de peças da Saccaro, Dpot e outras marcas de design.

otto felix (7)

Logo na entrada, os visitantes compram seus bilhetes e têm a opção de guardar os seus pertences para desfilar pela Mostra com mais tranquilidade. O grande balcão em mármore é solido e imponente, e o brilho da peça se destaca em meio a todos os materiais com acabamentos naturais e foscos.otto felix (8)

Como dá para perceber, o ambiente tem muitos detalhes super interessantes e uma arquitetura muito arrojada. Não vale entrar correndo!

A Casa Cor São Paulo está aberta até dia o 10 de julho e acontece no Jockey Club de São Paulo de terça a domingo a partir das 12h.

FacebookPinterestTwitterGoogle+