{ Sobre a saudade do processo }
- por Mariana

Há exatos três anos eu passava por um processo muito comum entre aqueles que estão prestes a montar seu primeiro apartamento: o de ambientação e decoração da minha própria casa.

Como eu e meu marido nunca havíamos morado sozinhos antes, não tínhamos experiência alguma sobre o que precisávamos adquirir para uma rotina ideal e pouco desgastante.

Lembro que naquela época tudo nos fazia refletir sobre as nossas reais necessidades e o estilo de vida que deveríamos assumir ao dividirmos uma pequena área de 55 metros quadrados. Com isso, e baseada também na minha experiência enquanto arquiteta, gostaria de compartilhar algumas dicas com vocês:

  • Independente do tamanho de seu apartamento ou casa, e antes de pensar sobre a estética de seus móveis, sugiro que você tente listar seus gostos, seus afazeres diários e suas expectativas; converse sobre sua rotina; além disso, defina quanto tempo quer morar no lugar que escolheu. Este é o primeiro e mais importante dos passos, na minha opinião. Antes de seu lar (seu reflexo) existir, procure decifrar seu estilo e o assuma;
  • A partir daí, pesquise casos parecidos com o seu (apartamentos ou casas que possuam a mesma metragem); observe quais foram as soluções adotadas e que tipo de reforma foi executada;
  • Fique atento às novidades no ramo de móveis e de eletrodomésticos oferecidos pelo mercado; veja os preços; decida sobre a faixa de valor que você pretende ou pode investir;
Como desde o início pensávamos em passar poucos anos aqui (este é o nosso último ano), retiramos um dos nossos dois quartos para aumentarmos a sala e criarmos um escritório integrado. Isso tudo porque adoramos receber os amigos e precisamos de um espaço para o trabalho. E já que um bom filme faz parte da nossa rotina, investimos num sofá generoso, com chaise, e numa boa TV. Fotos: Ricardo Junqueira
  • Apure sua pesquisa e passe a observar a iluminação, os revestimentos de piso e de parede, os tapetes, as obras de arte. São muitos detalhes a serem combinados e quanto mais o arquiteto tiver acesso ao seu mundo, mais satisfeito você ficará com o projeto;
  • Durante todo o processo converse com o seu arquiteto e junto a ele amadureça as soluções que estão adotando; lembre-se sempre que o seu cantinho deve ter a sua cara e que o profissional contratado é o seu principal aliado;
 A nossa cozinha, estilo americana, teve sua cerâmica escondida por placas de alumínio e móveis planejados com muito cuidado pela Todeschini, pois ficariam bastante expostos. Como não tenho closet nem uma área de serviço grande, decidi assumir meu estilo: hoje tenho menos roupas aqui comigo (algumas estão na casa de meus pais, e as mais antigas estão sendo doadas com maior frequencia). Fotos: Ricardo Junqueira
  • Alguns casais sentem dificuldade em chegar a conclusões. Se isso acontece com vocês, façam como muitos que conhecemos: dividam suas decisões pelos cômodos de que disporão. Por exemplo, enquanto ela opina sobre o quarto do casal, ele pode fazer o mesmo com a sala de estar, e assim por diante.

*A imagem destacada no título deste post foi retirada do site flavors.me/liviaholanda, e é uma cena do filme Up – Altas aventuras. Embora nos mudemos em breve, o próximo apartamento fica em frente ao que moramos hoje; nesse ponto vejo uma semelhança com a história de Carl e Ellie, que tinham uma especial estima por sua casa. Sentiremos saudades de tudo.

FacebookPinterestTwitterGoogle+
{ambientação}{apartamento}{decoração}{primeiro}

COMENTÁRIOS

  1. Aline - instrutora da Todeschini
    25 de outubro de 2011 às 9:50

    Olá garotas, parabéns pelo trabalho.
    Já estou recomendando a leitura.

    Sucesso!

    • Andréa Alcantara
      25 de outubro de 2011 às 10:09

      Que bom Aline! Ufa, e você foi bem sincera que só indicaria se gostasse mesmo não é?!
      Aliás, amanhã o post é dedicado a você! Dica aprendida no treinamento…
      Volte sempre!

  2. Giuliano Caldas
    25 de outubro de 2011 às 15:05

    Belo post!!
    Dá saudade mesmo…

  3. Andressa Dantas
    25 de outubro de 2011 às 18:06

    Lindo seu apartamento Mariana! Parabens pelo post!! 🙂

  4. petter
    25 de outubro de 2011 às 22:42

    Com certeza esse foi um lugar planejado com muito carinho e que serviu (serve) a momentos muito divertidos… eu estive aqui e imagino algo com o mesmo clima para o que chamarei de “lar”! Abraços e se precisar de ajuda na mudança…

    • Mariana Gurgel
      26 de outubro de 2011 às 12:24

      Vivemos momentos muito especiais neste apartamento e você participou de alguns ótimos. No próximo também vamos querer a companhia de vocês.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.